Capa » Notícias Gerais

7 de Maio de 2019 às 11:06

Trabalhadores rejeitam contraproposta patronal do SESI-SENAI-IEL

No dia 06 de maio, a categoria do SESI-SENAI-IEL participou expressivamente de Assembleias convocadas pelo SENALBA-MS que aconteceram na sede do sindicato. O objetivo foi analisar a contraproposta patronal para o Acordo Coletivo de Trabalho 2019-2020.

Marcada por intenso diálogo, o sindicato apresentou ponto por ponto das contrapropostas, esclareceu dúvidas, ouviu os questionamentos dos trabalhadores e posteriormente abriu a votação. As contrapropostas foram rejeitadas por unanimidade durante as duas Assembleias.

Segundo a presidente do SENALBA-MS, os profissionais do interior acessaram o documento patronal pelo site do sindicato e encaminharam posicionamentos online. “Recebemos muitos e-mail dos profissionais do interior que também rejeitaram”, destaca.

A presidente enfatiza que os trabalhadores ficaram com dúvidas e até mesmo surpresos com alterações propostas. “Além de inserir novas cláusulas, as sugestões patronais também geram mudanças em algumas funções dos profissionais, por isso gerou dúvidas. Nestes casos, não houve qualquer conversa anterior com os trabalhadores ou com o sindicato para abordar a necessidade de tais mudanças”, explica a presidente.

Outro ponto muito debatido foi em relação ao Ticket alimentação. “Os trabalhadores estão há mais de 10 anos pleiteando o ticket, mas, em todas as mesas de negociações a proposta é rejeitada pela entidade patronal. Apesar do sindicato estará aberto a negociar e apresentar sugestões para possibilitar o ticket,  os representantes patronais não demonstram sequer interesse em fazer estudo para analisar a viabilidade da reivindicação dos trabalhadores”, analisa a presidente.

O plano de saúde gerou questionamentos. Na contraproposta, os representantes patronais retiram a tabela de percentuais que está inserida na cláusula vigente. Os trabalhadores não aprovaram a mudança por gerar dúvidas aos valores que irão pagar.

Segundo o departamento jurídico do SENALBA-MS, que esteve presente nas Assembleias, o próximo passo será uma nova rodada de negociação com as entidades patronais, na qual o sindicato apresentará os resultados da Assembleia. “Estamos abertos à negociação, os trabalhadores afirmaram que aceitam mudanças, desde que essas sejam benéficas não apenas para o patronal, mas também para a categoria”, ressalta a presidente.

Fonte: Assessoria de Imprensa SENALBA-MS


K Outras notícias